sexta-feira, 23 de novembro de 2007

Espantalhos

Segundo o Dicionário da Sociedade de Língua Portuguesa, dá-se o nome de espantalho a uma figura, ou objecto, que tem por fim afugentar os pássaros das hortas, das árvores, das eiras, das searas, etc.

A palavra “espantalho” vem de “espanto”, que, em português pode ter dois significados: pavor e maravilhamento. Com o tempo, a ideia de pavor foi dando lugar à de surpresa, embora a de maravilhamento se tenha mantido, como podemos constatar, por exemplo, na frase: “O mosteiro dos Jerónimos é um espanto”!

Na verdade, os espantalhos são usados, segundo a antiga conotação da palavra, para “meter medo” aos pássaros, coisa que nunca percebi bem se conseguem, pois já algumas vezes os vi pousados a descansar, sobre o próprio espantalho.
Normalmente os espantalhos são feitos com a forma de uma figura humana – poderiam, e com lógica, ter a figura de, por exemplo, uma ave de rapina, das quais a maioria dos pássaros fogem instintivamente – pois os antigos camponeses tinham a noção de que os pássaros fogem é dos homens, e assim, lá aparecem eles com os aspectos mais diversos, e o “guarda-roupa” mais estranho, na sua missão de causar medo a uns, e afugentar o medo dos outros.

Eu considero os “espantalhos”, todos “eles”, figuras típicas da nossa cultura, pelo que resolvi ir fotografando alguns que vou encontrando por aí.
Gosto deles!
Coitados, não têm culpa de ser “espantalhos”!!!!

2 comentários:

Lumife disse...

Tem sido dificil coordenar o tempo e adaptá-lo aos projectos que tenho entre mãos e por tal motivo demorei a chegar até aqui e agradecer a visita ao Beja.

Mas fiquei satisfeito com a sua passagem e numa visita que fiz aos seus blogs em todos me agradou o seu amor pela fotografia.

Com mais vagar darei uma volta mais demorada pelos seus sítios.

Sempre que puder cá o espero.


Um abraço

Anónimo disse...

Curioso como eu cheguei aqui e mais curioso ainda, é o facto de eu estar a pensar pôr em prática, no próximo ano lectivo, um projecto precisamente sobre espantalhos. Os meus agradecimentos pelas dicas e inspiração que das suas fotos certamente vamos retirar.
Um abraço.
M. Raphael